Bolsas

Câmbio

Data da votação da Previdência está mantida e até lá governo terá votos para aprovar reforma, diz Jucá

BRASÍLIA (Reuters) - A data de votação da reforma da Previdência está mantida para o dia 19 de fevereiro e até lá o governo vai ter o apoio necessário para aprovar a proposta na Câmara, disse nesta segunda-feira o líder do governo no Senado e presidente nacional do PMDB, Romero Jucá (RR).

"O governo está mobilizando, conversando com parlamentares, durante o recesso a conversa vai continuar, mas a data está mantida, dia 19 de fevereiro", disse Jucá, ao citar que no final de semana o presidente Michel Temer reuniu-se com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para discutir a matéria.

Em entrevista na saída de um evento do PMDB, Jucá disse que até a data da votação "tudo vai estar esclarecido" porque as pessoas vão perceber que a reforma é importante para defender aqueles que mais precisam.

Também na saída do evento, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou que espera ter "mais votos" em fevereiro em favor da reforma do que o governo dispõe atualmente. Isso vai ocorrer, segundo ele, porque a sociedade vai tomar consciência da "imperiosidade" da proposta.

"Na medida em que os parlamentares voltem às suas bases, eles conversando com as suas comunidades, eles vão ver as mudanças que aconteceram na opinião das suas comunidades, seguramente nós teremos em fevereiro mais votos que temos atualmente", destacou.

(Reportagem de Ricardo Brito e Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos