Bolsas

Câmbio

Airbus vence na reta final corrida por pedidos em 2017

Por Tim Hepher e Cyril Altmeyer

PARIS (Reuters) - As vendas frenéticas nas últimas semanas de 2017 levaram a Airbus a superar a Boeing no mercado global de jatos para ganhar a disputa de pedidos anuais pelo quinto ano consecutivo, embora dúvidas prossigam sobre o futuro de seu carro-chefe, o modelo A380.

A fabricante europeia de aeronaves disse que o número de pedidos líquidos após cancelamentos subiu 52 por cento para 1.109 jatos em 2017, superando os 912 pedidos da Boeing. Sem o ajuste de cancelamentos, os pedidos brutos da Airbus totalizaram 1.229 ante 1.053 da Boeing.

Após atingir um pico em 2014, a Airbus disse que a demanda por jatos está crescendo mais rápido do que o esperado, refletindo tráfego mais movimentado já que a economia global está avançando em um ritmo mais acelerado.

"O mercado está mais forte em todos os lugares", disse a repórteres o chefe de vendas da Airbus, John Leahy.

A Airbus confirmou que atingiu seu principal objetivo de 2017, com a entrega de 718 jatos, ante meta de mais de 700 aviões. O crescimento foi de 4 por cento ante entregas de 2016.

     A Boeing, contudo, permaneceu com o título de maior fabricante de jatos do mundo pelo sexto ano consecutivo, com o número recorde de 763 entregas no ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos