ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Ações europeias têm rali com acordo sobre paralisação do governo dos EUA; DAX atinge recorde

23/01/2018 15h55

Por Julien Ponthus

LONDRES (Reuters) - Os principais índices acionários europeus subiram para novas máximas nesta terça-feira, depois que os senadores norte-americanos fecharam acordo para encerrar uma paralisação de três dias do governo do país, enquanto atualizações de balanços também estiveram em foco.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,12 por cento, a 1.583 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,17 por cento, a 403 pontos.

As ações da zona do euro alcançaram a máxima em uma década, com o índice alemão DAX também indo ao recorde de 13.596 pontos.

"Como próximo objetivo, os altistas têm o obstáculo de 14 mil pontos em mente", disse o analista de mercado Milan Cutkovic, da trading AxiTrader. "Com o atual humor dos mercados acionários, esse é um cenário realista para as próximas semanas."

Os investidores comemoraram os planos do Carrefour de reduzir custos, abrir seu negócio chinês a novos investidores e gastar mais com comércio eletrônico diante da competição da Amazon.

O Carrefour tocou a máxima em cinco meses com uma valorização de 3,2 por cento.

Easyjet também registrou forte alta, de 5,1 por cento, após divulgar os resultados do primeiro trimestre.

O Congresso dos Estados Unidos votou na segunda-feira para encerrar uma paralisação de três dias do governo norte-americano, aprovando o mais recente projeto de lei de financiamento de curto prazo uma vez que os democratas aceitaram promessas de republicanos para um debate amplo sobre o futuro de jovens imigrantes ilegais.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,21 por cento, a 7.731 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,71 por cento, a 13.559 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,12 por cento, a 5.535 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,22 por cento, a 23.836 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,24 por cento, a 10.609 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,82 por cento, a 5.791 pontos.

Mais Economia