Bolsas

Câmbio

Justiça de SC defere pedido de recuperação judicial da Pomi Frutas

SÃO PAULO (Reuters) - A 1ª Vara Cível da Comarca de Fraiburgo (SC) deferiu na quinta-feira o pedido de recuperação judicial ajuizado pela Pomi Frutas, antes conhecida como Renar Maçãs, concedendo um prazo de 60 dias para apresentação do plano, informa a empresa em fato relevante.

Em comunicado separado, a companhia diz que os esforços da administração, incluindo aumento de capital no valor máximo de cerca de 4,586 milhões de reais, não foram suficientes para recompor seu fluxo de caixa e viabilizar o fechamento do ciclo de custeio da safra 2017/2018 a ser colhida.

"A companhia tem vivenciado dificuldades financeiras, tendo em vista o atual cenário macroeconômico e setorial desfavorável", esclareceu no documento, citando o ajuizamento da recuperação judicial como "única solução possível".

(Por Gabriela Mello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos