ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Índices da China têm pior dia em quase 2 anos com correção

John Ruwitch e Samuel Shen

09/02/2018 07h47

XANGAI, 9 Fev (Reuters) - Os mercados acionários da China sofreram o pior dia em quase dois anos nesta sexta-feira, com o índice de blue-chips liderando a queda que arrastou os mercados ao território de correção após as perdas em Wall Street.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 4,26 por cento, enquanto o índice de Xangai caiu 4,02 por cento. Em dado momento, ambos chegaram a cair mais de 6 por cento.

Foi a maior queda em um único dia para os dois desde fevereiro de 2016, quando as repercussões de uma tentativa de adotar um mecanismo de "circuit-breaker" após fortes perdas no mercado ainda abalavam os investidores.

Todos os setores registraram perdas, liderados pelo financeiro e imobiliário. O SSE50, que acompanha as 50 blue-chips mais representativas em Xangai, caiu 4,6 por cento. Ele subiu 25 por cento em 2017.

O restante dos mercados da região também apresentou perdas, com os temores de taxas de juros mais altas nos Estados Unidos afetando a confiança dos investidores.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 1,85 por cento às 7h41 (horário de Brasília).

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,32 por cento, a 21.382 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 3,10 por cento, a 29.507 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 4,02 por cento, a 3.130 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 4,26 por cento, a 3.841 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,82 por cento, a 2.363 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,49 por cento, a 10.371 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS desvalorizou-se 1,13 por cento, a 3.377 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,89 por cento, a 5.838 pontos.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia