ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Ibovespa salta mais de 3% com exterior favorável; Vale dispara a maior nível desde 2011

14/02/2018 18h44

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou em alta de mais de 3 por cento nesta quarta-feira, na volta do feriado do Carnaval, beneficiado pelo quadro externo favorável, em sessão marcada ainda pelo vencimento dos contratos de opções sobre o Ibovespa e de contrato futuro do índice.

A sessão mais curta desta Quarta-feira de Cinzas também refletiu o movimento de algumas ações ajustando-se ao movimento de seus ADRs (recibo de ações negociados nos Estados Unidos) nos últimos dois dias, quando não houve negociação no pregão brasileiro. Vale foi destaque, saltando quase 6 por cento, para o maior valor desde 2011.

O Ibovespa subiu 3,27 por cento, a 83.542 pontos. O volume financeiro somou 11,26 bilhões de reais.

"A bolsa local operou totalmente correlacionada com a recuperação no mercado nos Estados Unidos nesses últimos dias. Quem ficou mais defensivo para o Carnaval está retornando suas posições", disse o gestor de uma corretora no Rio de Janeiro, que pediu para não ter o nome citado.

No exterior, o índice norte-americano S&P 500 avançava 1,3 por cento, com investidores ignorando dados mais fortes de inflação e comprando ações de Facebook, Amazon.com e Apple.

DESTAQUES

- VALE avançou 5,98 por cento, para 44,51 reais, máxima de fechamento desde janeiro de 2011, com ajustes ao comportamento de seus ADRs em Nova York no começo da semana e ainda beneficiada pela alta dos preços do minério de ferro à vista na China. BRADESPAR, acionista da mineradora, subiu 6,90 por cento.

- CSN saltou 8,7 por cento, capitaneando os ganhos entre siderúrgicas listadas no Ibovespa, tendo no radar expectativas de demanda firme por aço na China durante o primeiro semestre deste ano. GERDAU PN subiu 6,63 por cento e USIMINAS PNA ganhou 6,59 por cento.

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON valorizaram-se 2,56 e 1,44 por cento, respectivamente, em meio a ajustes ADRs da companhia na segunda e terça-feira e com o petróleo firmando alta no exterior após dados de estoques dos EUA e comentário saudita.

- ITAÚ UNIBANCO PN apreciou-se 4,32 por cento, também influenciando a direção do Ibovespa, com o setor bancário como um todo no azul. BRADESCO PN subiu 3,65 por cento, BANCO DO BRASIL ganhou 4,6 por cento e SANTANDER BRASIL valorizou-se 3,54 por cento.

- NATURA caiu 0,68 por cento, entre as poucas quedas do Ibovespa na sessão. Na última sexta-feira, a fabricante de cosméticos anunciou a renúncia de seu diretor financeiro e de relações com investidores da empresa, José Roberto Lettiere, movimento considerado inesperado por analistas.

Mais Economia