Bolsas

Câmbio

Cesp prevê publicação de novo edital de privatização até abril

SÃO PAULO (Reuters) - A geradora Cesp espera que o governo paulista, seu controlador, publique entre março e abril um novo edital com regras para o leilão de privatização da companhia, que poderia acontecer em um prazo de 60 a 90 dias após a divulgação do documento, segundo apresentação em audiência pública nesta terça-feira.

O governo do Estado de São Paulo chegou a agendar uma licitação da Cesp para setembro do ano passado, mas o processo foi suspenso em meio a uma falta de interessados no negócio.

Agora, o governo federal publicou um decreto que permite a renovação de contratos de usinas de elétricas que serão privatizadas, e a Cesp entrou com um pedido para prorrogar a concessão de sua maior hidrelétrica, a de Porto Primavera, o que a empresa espera que possa elevar sua atratividade junto a potenciais investidores.

A Cesp opera três hidrelétricas em São Paulo, mas Porto Primavera responde sozinha por 1,54 gigawatts em capacidade dos cerca de 1,65 gigawatts do portfólio da empresa.

Na audiência pública desta terça-feira, a Cesp divulgou ainda que a sala de informações sobre o processo de desestatização deverá ser atualizada em fevereiro.

Em 10 dias após a publicação do edital do leilão, será aberto um prazo para a realização de visitas técnicas à empresa por potenciais interessados.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos