Bolsas

Câmbio

Wall Street tem pior dia em seis semanas após decisão de Trump sobre tarifas

Chuck Mikolajczak

NOVA YORK, 22 Mar (Reuters) - O mercado acionário dos Estados Unidos caiu nesta quinta-feira, depois que a decisão do presidente Donald Trump de impor tarifas sobre até US$ 60 bilhões em importações chinesas provocou temores sobre o impacto na economia global, dando combustível ao maior recuo em porcentagem dos três principais índices de Wall Street desde que entraram em território de correção há seis semanas.

O índice Dow Jones caiu 2,93%, a 23.958 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 2,516289%, a 2.644 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 2,43%, a 7.167 pontos.

Leia também:

Trump assinou um memorando presidencial que visa importações chinesas depois de um período de consultas. A China terá espaço para responder, reduzindo o risco de retaliação imediata de Pequim.

Porém, após as ações terem se recuperado de alguma maneira das perdas no início do pregão, a pressão de venda recomeçou em Wall Street perto do fechamento, com investidores inquietando-se com a escalada potencial das tarifas norte-americanas e o impacto possível no comércio global.

"Existe um sentimento muito negativo no momento", disse John Carey, diretor de portifólio na Amundi Pioneer Asset Management. "É possível que haja uma queda dura por um tempo. Eu não vejo nada no horizonte que garanta para as pessoas que as coisas estão ótimas."

Grandes industriais caíram. A fabricante de aviões Boeing Co perdeu 5,2%, a Caterpillar Inc caiu 5,7% e a 3M Co teve queda de 4,7%. Os três estavam entre as maiores baixas no índice Dow Jones. O setor industrial do S&P  mergulhou 3,28%.

As perdas marcaram a maior queda diária para cada um dos grandes índices desde 8 de fevereiro, quando o Dow e o S&P confirmaram uma correção de mercado em relação a suas máximas de 26 de janeiro.

(Reportagem adicional por April Joyner)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos