PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Sindicato de comissários da Latam Airlines rejeita oferta e greve continua

17/04/2018 18h55

SANTIAGO (Reuters) - Um sindicato de comissários de bordo da LAN Express, unidade da Latam Airlines, disse nesta terça-feira que rejeitou uma oferta da companhia aérea chilena, prolongando uma greve que levou a empresa a reagendar mais de mil voos.

A Latam, maior empresa aérea da América Latina, disse no início do dia que as duas partes chegaram a um acordo, mas o sindicato advertiu que isso estava sujeito à aprovação de seus membros.

O acordo foi rejeitado pela maioria dos mil membros do sindicato, disse uma porta-voz do sindicato, acrescentando que a companhia aérea e seus trabalhadores estavam reunidos novamente para tentar resolver suas diferenças.

O sindicato citou a duração das rotações de funcionários e salários de novos empregados como principais pontos de atrito durante meses de negociações com a companhia aérea.

A greve de uma semana afetou principalmente os voos dentro do Chile, embora também tenha afetado as conexões regionais em toda a América do Sul.

A Latam disse à Reuters na segunda-feira que cancelou 1.134 voos até 21 de abril e que a greve afetaria pelo menos 196.000 passageiros.

A Latam foi criada em 2012 por meio de uma fusão entre a LAN do Chile e a TAM do Brasil. O grupo, sediado em Santiago, possui unidades operacionais na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru.

(Por Dave Sherwood, Felipe Iturrieta e Antonio De la Jara)