ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Exportação de petróleo do Irã cai em maio após EUA deixarem acordo nuclear, diz empresa

30/05/2018 15h40

LONDRES (Reuters) - As exportações de petróleo do Irã tiveram um pequeno declínio em maio, de acordo com estimativas de uma empresa líder no rastreamento de petroleiros, no primeiro sinal de que uma ameaça de sanções dos Estados Unidos possa estar dissuadindo compradores.

As estimativas da Petro-Logistics também sugerem que os compradores de petróleo iraniano não estão com pressa para cortar os volumes do terceiro maior produtor da Opep. As sanções norte-americanas têm um período de 180 dias durante o qual os compradores devem "desacelerar" as compras.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse em 8 de maio que os EUA estavam se retirando do acordo nuclear internacional com o Irã, vigente desde 2015, e que imporiam novas sanções procurando reduzir os envios de petróleo do país.

"As exportações caíram mais de 100.000 barris por dia (bpd)dos mais altos níveis vistos em abril, mas não há um sinal de um êxodo em massa neste momento", disse o chefe-executivo da Petro-Logistics, Daniel Gerber, à Reuters.

A Petro-Logistics não especificou o volume absoluto das exportações do Irã em maio ou abril.

(Por Alex Lawler)

Mais Economia