Bolsas

Câmbio

Bolsas europeias caem por tensões comerciais e problemas com Deustche Bank

Por Danilo Masoni e Julien Ponthus

LONDRES (Reuters) - Os índices europeus caíram nesta quinta-feira devido a preocupações com disputas comerciais envolvendo os Estados Unidos, e também pesou o fato de o Deutsche Bank ter caído para uma mínima recorde após reportagem afirmando que o Federal Reserve classificou as operações do banco nos EUA como conturbadas.

O índice alemão DAX <.DAX> teve o pior desempenho entre os índices dos principais países europeus, recuando 1,4 por cento, enquanto esforços na Itália para evitar uma nova eleição ajudaram o italiano FTSE MIB <.FTMIB> a limitar perdas a 0,1 por cento, após uma sessão volátil.

O índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,6 por cento, recuando mais ao fim da sessão após os EUA dizerem que irão impor tarifas sobre importações de aço e alumínio da União Europeia, encerrando meses de incerteza sobre possíveis isenções e reacendendo temores sobre uma guerra comercial global.

As ações da fabricante de canos de aço Tenaris caíram 3,2 por cento, enquanto as siderúrgicas Thyssenkrupp e Salzgitter caíram mais de 1 por cento.

O Deutsche Bank teve o pior desempenho do STOXX, fechando em queda de 7,1 por cento a 9,157 euros, seu menor nível de fechamento já registrado, depois que o Wall Street Journal disse que no ano passado o Fed classificou suas operações nos EUA como "conturbadas", uma das piores classificações por parte do banco central norte-americano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos