PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Petroleiras dos EUA cortam maior número de sondas desde março, diz Baker Hughes

20/07/2018 14h55

(Reuters) - As companhias de energia dos Estados Unidos cortaram o maior número de sondas de petróleo desde março, já que o ritmo de crescimento tem diminuído nos últimos meses com o recente declínio nos preços da commodity.

Os futuros da referência do petróleo norte-americano estão no caminho da sua terceira queda semanal consecutiva nesta semana, conforme a escalada das tensões comerciais entre a China e os EUA ameaça prejudicar a demanda de óleo.

As petroleiras cortaram 5 sondas na semana até 20 de julho, trazendo a contagem total para 858, disse a empresa de serviços de energia Baker Hughes em seu relatório semanal nesta sexta-feira.

A contagem de sondas dos EUA, um indicador prévio da produção futura, está muito maior do que há um ano, quando 764 sondas estavam em atividade, na medida em que as companhias de energia têm impulsionado a produção, antecipando-se a preços mais altos em 2018 do que em anos anteriores.

(Por Scott DiSavino)