PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Mercado alcançou equilíbrio e leilões tradicionais estão sendo retomados de forma gradual, diz Tesouro

25/07/2018 12h19

BRASÍLIA (Reuters) - O Tesouro entende que, por ora, o mercado já alcançou um equilíbrio e por isso os leilões de títulos públicos tradicionais estão sendo retomados de forma gradual, afirmou a coordenadora de Operações da Dívida Pública do Tesouro, Márcia Tapajós, nesta quarta-feira, ressalvando que a atuação extraordinária poderá ser retomada, se necessário.

"Não existe previsão de novas atuações, o que existe do ponto de vista do Tesouro e do Banco Central é que se houver a necessidade nós iremos atuar", afirmou ela em coletiva de imprensa, avaliando ainda que a atuação conjunta com o BC é mais efetiva.

A partir do final de maio, com forte volatilidade nos mercados financeiros tanto por questões externas quanto disputa presidencial no Brasil, o Tesouro e o BC iniciaram período de forte atuações, para tentar dar liquidez e devolver o equilíbrio dos mercados.

No início deste mês, o Tesouro anunciou que manteria boa parte de seus leilões tradicionais de títulos públicos e, naquele momento, parou de anunciar leilões extraordinários.

Apesar do momento mais calmo, Márcia ressaltou que o Tesouro "permanece atento às condições de mercado". "Saímos de uma fase forte de recompras, reduzimos bastante o risco de mercado, então agora estamos retomando todo o processo de emissão. Mas vamos voltar de forma gradual", disse.

O Tesouro já havia divulgado que sua atuação em leilões extraordinários, entre os dias 28 de maio e 4 de julho, acarretou a recompra líquida de 22,043 bilhões de reais em títulos, a maior parte deles NTN-Fs (11,230 bilhões de reais), papéis prefixados com juros semestrais.

Sobre os leilões de NTN-Fs, ainda de fora da oferta do Tesouro, Márcia pontuou que poderão ser retomados "em algum momento".

(Por Marcela Ayres)