PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Wall Street salta mais de 2% com impulso de balanços e dados econômicos

Lewis Krauskopf

16/10/2018 19h12

NOVA YORK, 16 Out (Reuters) - O mercado acionário dos EUA avançou mais de 2 por cento nesta terça-feira após divulgações otimistas de balanços de grandes empresas, incluindo a United Health e Goldman Sachs, e dados econômicos sólidos, enquanto as ações se recuperaram de um recente momento de vendas generalizadas.

O índice Dow Jones subiu 2,17 por cento, a 25.798 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 2,149564 por cento, a 2.810 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 2,89 por cento, a 7.645 pontos.

Os três maiores índices de ações norte-americanos alcançaram seus maiores ganhos percentuais diários desde março. O Russel 2000, de small  caps, registrou seu maior avanço em uma única sessão em quase dois anos.

O setor de tecnologia, que teve uma venda generalizada recentemente, liderou os ganhos com todos os 11 maiores setores registrando altas.

Investidores estão esperando outro trimestre forte de lucros corporativos, estimando que os balanços podem acalmar os nervos em torno de preocupações sobre tensão comercial global e a curva de juros dos Treasuries. Os resultados do terceiro trimestre para companhias do S&P 500 devem crescer 21,8 por cento, de acordo com dados da Refinitiv.

"Os lucros corporativos foram certamente o maior esteio para esse mercado, e portanto muito do peso será dado para como esses balanços irão vir", disse o CEO da Horizon Investment Services, Chuck Carlson. "Nós estamos no início da temporada (de balanços), mas até agora está tudo bem, especialmente hoje."

Os ganhos marcaram uma recuperação parcial da recente queda recorde de Wall Street. O S&P registrou, na última semana, o seu maior recuo semanal desde março, e alguns analistas de mercado disseram que não estava claro se a volatilidade recente acabou.

"É, em sua maioria, um reflexo de vendas excessivas", afirmou o estrategista de investimento, Willie Delwiche, sobre os ganhos desta terça-feira.

"O grau do movimento é uma função dos outros que já vimos esse mês mais de qualquer outra coisa", completou.

O setor de tecnologia ganhou 3 por cento enquanto o de saúde subiu 2,9 por cento. Esses dois grupos lideram o avanço do S&P no ano.

O Goldman Sachs e o Morgan Stanley divulgaram balanços trimestrais melhores que o esperado, ajudados pela força das negociações de ações, embalando um forte trimestre para os grandes bancos. As ações do Goldman subiram 3 por cento, enquanto as do Morgan avançaram 5,7 por cento.

Já no setor da saúde, ações da Johnson & Johnson subiram 1,9 por cento, enquanto a seguradora United Health Group saltou 4,7 por cento, após a divulgação de seus respectivos balanços trimestrais.