ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Bolsonaro diz que não irá prorrogar intervenção federal na área da segurança do RJ

30/11/2018 17h19

(Reuters) - O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse nesta sexta-feira que não irá prorrogar a intervenção federal na área de segurança pública do Estado do Rio de Janeiro, prevista para se encerrar em 31 de dezembro.

"Eu assumindo, não a prorrogarei", disse Bolsonaro após participar de formatura militar em Guaratinguetá, interior de São Paulo.

Segundo a Agência Brasil, o presidente eleito afirmou que só permitirá que forças federais sigam atuando na segurança pública se houver garantias que dificultem que seus integrantes sejam processados por mortes em ações.

“Eu quero uma retaguarda jurídica para as pessoas que fazem a segurança em nosso Brasil. Não posso admitir que os integrantes das Forças Armadas, da Polícia Federal, depois do cumprimento da missão, respondam a um processo”, disse Bolsonaro, acrescentando que só dará suporte dentro da previsão da Garantia da Lei e da Ordem com apreciação do Congresso Nacional.

Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro chegou a defender o uso das Forças Armadas para o patrulhamento de rotina das cidades, caso consiga aprovar no Congresso excludentes de ilicitudes para isso.

O presidente Michel Temer decretou a intervenção em fevereiro deste ano em meio a uma grave onda de violência no Estado do Rio de Janeiro.

Mais Economia