Topo

Aço tem máxima de 2 meses na China com recomposição de estoques; minério de ferro sobe

14/01/2019 09h37

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros do aço na China subiram nesta segunda-feira, com o vergalhão atingindo uma máxima em dois meses, em meio a uma recomposição de estoques, enquanto o minério de ferro subiu depois que a Rio Tinto disse que declarou força maior em alguns embarques após um incêndio em terminal de exportação na Austrália.

A alta do minério de ferro também veio depois que dados divulgados nesta segunda-feira mostraram que as importações de minério de ferro pela China em 2018 caíram 1 por cento em relação ao ano anterior, a primeira queda anual desde 2010.

Os preços do vergalhão de aço na Bolsa de Futuros de Xangai subiram 1,6 por cento, para 3.575 iuanes (528,44 dólares) por tonelada, o maior nível em quase seis semanas --um pouco abaixo da máxima do dia, de 3.576 iuanes.

"Nosso modelo de análise de estoques de aço (indica que) comerciantes estão começando a acumular estoques antes do Ano Novo Chinês (no próximo mês)", disse Darren Toh, da Tivlon Technologies, empresa que analisa o mercado de minério de ferro.

O minério de ferro mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian subiu quase 1 por cento, para 513 iuanes por tonelada.

(Por Enrico dela Cruz)

Mais Economia