IPCA
0.01 Jun.2019
Topo

Brasil fecha 2018 com recorde de 62,6 milhões de inadimplentes

2019-01-15T14:06:22

15/01/2019 14h06

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil teve em 2018 a maior alta em seis anos no total de consumidores com contas em atraso, chegando a um recorde de 62,6 milhões de inadimplentes, segundo dados divulgados nesta terça-feira pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

O levantamento, que inclui dados do sistema bancário, do comércio e de prestadoras de serviços públicos, apontou avanço de 4,4 por cento no total de pessoas com alguma conta em atraso e o CPF restrito para tomar crédito, o maior crescimento desde 2012, quando a expansão tinha sido de 6,8 por cento.

O número total significa que 41 por cento da população adulta residente no Brasil tinha contas vencidas. Segundo o presidente da CNDL, José Cesar da Costa, mesmo com a lenta recuperação econômica em curso, as famílias ainda enfrentam dificuldades para honrar seus compromissos.

"A reversão desse quadro passa pela continuidade da melhora econômica, incluindo emprego e renda", afirmou Costa em nota.

(Por Aluisio Alves)

Mais Economia