PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Premiê do Japão vai colocar comércio e clima em foco de agenda do G20

23/01/2019 11h11

Por Leika Kihara

DAVOS, Suíça (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse nesta quarta-feira que tentará usar a presidência da reunião do grupo das 20 principais economias do mundo para reconstruir a confiança no sistema global de comércio.

O discurso dele no Fórum Econômico Mundial nos Alpes suíços foi significativo em um momento em que uma intensa disputa comercial entre os Estados Unidos e a China é um dos vários fatores que ameaçam provocar uma forte desaceleração no crescimento global.

"O Japão está determinado a preservar e se comprometer a reforçar a liberdade, abertura e as regras baseadas na ordem internacional", disse ele aos delegados.

"Peço a todos vocês...que reconstruam a confiança em relação ao sistema de comércio internacional. Esse deve ser um sistema justo, transparente e eficaz para proteger os direitos de propriedade intelectual e também em áreas como comércio eletrônico e compras governamentais."

Abe disse que o Japão, como presidente da reunião deste ano do G20, também tentará encabeçar discussões sobre mudança climática e formas de facilitar o uso de dados digitais enquanto protege a propriedade intelectual.

As declarações ressaltam as esperanças do Japão de obter apoio de alguns países do G20 para pressionar por uma abordagem multilateral na solução dos atritos comerciais.