PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

BCE corta previsões de crescimento e inflação

07/03/2019 11h06

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) cortou suas previsões de crescimento e inflação para 2019 e reduziu as projeções de alta dos preços também para 2020 e 2021 nesta quinta-feira, reconhecendo que a desaceleração na Europa é mais longa e profunda do que se pensava anteriormente.

Para 2019, o BCE reduziu a previsão de crescimento do PIB para 1,1 por cento, ante 1,7 por cento em projeção de dezembro. Para 2020, a autoridade reduziu as previsões para 1,6 por cento, ante 1,7 por cento anteriormente, e para 2021, manteve a projeção em 1,5 por cento.

Quanto à inflação, o banco central cortou sua projeção para 2019 a 1,2 por cento, ante 1,6 por cento anteriormente. Já para 2020 reduziu a 1,5 por cento, ante 1,7 por cento, e para 2021, passou a prever alta dos preços de 1,6 por cento, ante projeção anterior de 1,8 por cento.

Com uma guerra comercial global pesando sobre a confiança, a produção industrial e exportações tiveram queda, exacerbada por uma série de dificuldades domésticas, desde a dificuldade da indústria alemã em se adaptar a novas regulações de emissões de carros aos protestos na França.

(Por Balazs Koranyi)