Topo

Vale diz que ANM autoriza retorno parcial de Vargem Grande

23/07/2019 19h53

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale informou nesta terça-feira que a Agência Nacional de Mineração (ANM) autorizou o retorno parcial das operações a seco do complexo de produção de minério de ferro de Vargem Grande, em Minas Gerais, o que permitirá produção adicional de 5 milhões de toneladas em 2019.

As operações de todo o complexo haviam sido interditadas em 20 de fevereiro, por determinação da ANM, visando prevenir eventuais gatilhos que pudessem comprometer a estabilidade das barragens da unidade, na esteira do desastre de Brumadinho (MG).

Segundo a Vale, a autorização incrementará a oferta do minério do tipo Brazilian Blend Fines (BRBF), mas a companhia manteve seu guidance de vendas de minério de ferro e pelotas de 307-332 milhões de toneladas em 2019, acrescentando que a expectativa atual é que as vendas se situem ao redor do centro da faixa.

Em 4 de fevereiro, antes mesmo da decisão da ANM, a Vale havia anunciado decisão de antecipar suspensão temporária da produção das plantas de concentração do Complexo de Vargem Grande, prevendo impacto de 13 milhões de toneladas de minério de ferro processado a úmido, dentro de um plano maior de descomissionamento de barragens.

(Por Roberto Samora)

Economia