IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Futuros do aço se recuperam na China com queda nos estoques; minério sobe 2,4%

23/09/2019 09h28

PEQUIM (Reuters) - O mercado futuro do aço na China registrou alta nesta segunda-feira, recuperando-se de uma mínima de duas semanas, diante da queda nos estoques e pelo aperto dos limites de produção em cidades propensas a poluição atmosférica.

O contrato de vergalhão mais ativo na Bolsa de Futuros de Xangai, para entrega em janeiro de 2020, subiu 3,7%, para 3.513 iuanes por tonelada, ante uma mínima de duas semanas na última sessão. O vencimento fechou em alta de 3,6%, a 3.510 iuanes por tonelada.

O estoque de produtos siderúrgicos na China caiu pela sexta semana, para 11,4 milhões de toneladas, no período encerrado em 20 de setembro, com perspectiva de demanda firme, mostraram dados compilados pela consultoria Mysteel.

Os preços também foram impulsionados pelos esforços das principais cidades siderúrgicas em intensificar os controles antipoluição antes das comemorações do Dia Nacional da China na próxima semana.

Tangshan, a principal cidade siderúrgica da China, ordenou que as usinas reduzissem a produção de sinterização em nada menos que 50% nesta semana. A província de Shandong, que também se enquadra na zona de controle de poluição de Pequim-Tianjin-Hebei, pediu que 13 cidades emitissem alertas de poluição laranja de 25 a 29 de setembro.

O contrato do minério de ferro mais ativo na bolsa de Dalian, para entrega em janeiro de 2020, subiu 2,4%, para 648 iuanes por tonelada, recuperando-se de um declínio de cinco dias.

(Por Min Zhang e Tom Daly)

Mais Economia