PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Acionistas da bolsa de Londres aprovam compra da Refinitiv por US$27 bi

26/11/2019 18h00

Por Huw Jones e Pamela Barbaglia

LONDRES (Reuters) - Acionistas da London Stock Exchange aprovaram nesta terça-feira a compra da empresa de dados e análise Refinitv por 27 bilhões de dólares, uma transação que vai tornar a operadora da bolsa de Londres numa grande distribuidora de dados de mercado financeiro.

O presidente do conselho da LSE, Don Robert, afirmou aos acionistas que o colegiado recomendou de forma unânime a compra da Refinitiv porque trata-se de uma "oportunidade atraente", em linha com o melhor dos interesses dos acionistas e da companhia.

A LSE afirmou que 99,27% dos votos que participaram da assembleia apoiaram a transação e 99,26% concordaram com a intenção da LSE em emitir ações para ajudar a pagar a compra da Refinitiv, que deve ser completada no segundo semestre de 2020.

Um acionista perguntou se a estratégia da LSE foi simplesmente evitar se tornar um futuro alvo de aquisição.

"Sentimos fortemente que esta transação é do interesse estratégico de longo prazo da London Stock Exchange. Vai nos dar uma oportunidade de termos um negócio realmente global", disse o presidente-executivo da LSE, David Schwimmer.

A compra da Refinitiv foi anunciara em agosto, 10 meses após um consórcio liderado pela gestora de ativos norte-americana Blackstone completar a aquisição alavancada da Refinitiv da Thomson Reuters.

A Thomson Reuters, controladora da Reuters News, detém participação de 45% na Refinitiv.

Assim que o acordo foi concluído, acionistas da Refinitiv vão deter cerca de 37% da LSE, mas terão menos de 30% de direito a voto. A Thomson Reuters afirmou em agosto que controlaria 15% da LSE após o acordo.

(Por Huw Jones)

PUBLICIDADE