PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Estabilização da dívida bruta poderá ocorrer já neste governo, diz Mansueto

18/12/2019 16h36

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - A dívida pública bruta crescerá muito pouco em 2019, ao patamar projetado de 77,2%, afirmou nesta quarta-feira o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, estimando ainda estabilização da dívida bruta já neste governo.

A jornalistas, ele afirmou que o pouco crescimento da dívida neste ano foi possível por conta da queda dos juros básicos, pré-pagamentos feitos pelo BNDES e todo trabalho de desinvestimento de estatais.

"Esforço fiscal, com mudança em toda a trajetória da dívida do Brasil pelos próximos dez anos, vai nos permitir almejar nossa recuperação de grau de investimento aos poucos", afirmou ele, destacando esperar elevação na nota de crédito brasileira por agências de classificação de risco em 2020.