PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Wall Street ronda máximas recordes mas FedEx afunda

18/12/2019 13h33

Por Uday Sampath Kumar

(Reuters) - Os índices S&P 500 e Nasdaq ampliavam o rali histórico nesta quarta-feira, mesmo com a FedEx limitando os ganhos depois de cortar sua previsão de lucro anual pela segunda vez este ano.

As ações da FedEx despencavam 9,2%, a caminho de seu pior dia desde setembro, depois que a empresa norte-americana de entrega de encomendas cortou sua previsão de lucro fiscal para 2020 devido a despesas pesadas, à desaceleração do comércio global e às consequências de seu rompimento com a Amazon.

Uma disparada em Wall Street, estimulada pelas esperanças de um acordo comercial entre EUA e China na semana passada, levaram o S&P 500 e o Nasdaq a registrar níveis recordes de fechamento por quatro sessões seguidas.

Com poucas chances de outra grande novidade sobre o progresso comercial entre as duas principais economias do mundo antes do final do ano, analistas dizem que o mercado provavelmente permanecerá próximo dos níveis atuais.

Um dos fatores de risco ainda no horizonte é um impeachment quase certo do presidente norte-americano Donald Trump, à medida que a Câmara dos Deputados se prepara para uma votação histórica de duas acusações, de que abusou de seu poder e obstruiu o Congresso.

Às 13:29 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,11%, a 28.298 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,085199%, a 3.195 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,11%, a 8.833 pontos.