PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Bolsa da Alemanha fecha em máxima recorde com alívio de temores sobre coronavírus

11/02/2020 15h36

Por Susan Mathew

(Reuters) - O mercado acionário alemão atingiu máxima recorde nesta terça-feira, levando os índices europeus a também a um recorde em meio a expectativas de que o surto de coronavírus possa se estabilizar em breve e de que o impacto sobre a economia global possa não ser tão significativo quando temido.

Deutsche Telekom saltou quase 4%, liderando o rali do índice alemão DAX, depois que a gigante de telecomunicações T-Mobile e a Sprint receberam aprovação dos EUA para uma fusão inicialmente avaliada em 26 bilhões de dólares.

O DAX fechou com alta de 1%, a 13.627,84 pontos.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,84%, a 1.673 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,9%, a 428 pontos, marcando nova máxima de fechamento.

Em todo o mundo, o sentimento foi impulsionado pela desaceleração do números de novos casos de coronavírus na China. A sugestão de um assessor de saúde chinês de que a epidemia pode se estabilizar nas próximas semanas e acabar até abril alimentou mais o apetite por risco, mesmo com o número de mortos superando 1 mil.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,71%, a 7.499 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,99%, a 13.627 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,65%, a 6.054 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,74%, a 24.688 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,68%, a 9.882 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,09%, a 5.339 pontos.

PUBLICIDADE