PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Clima volta a reduzir projeção para segunda safra de milho do Brasil, diz AgRural

19/05/2020 12h18

SÃO PAULO (Reuters) - Condições climáticas mais secas que o normal no Brasil levaram a consultoria agrícola AgRural a reduzir suas projeções para a segunda safra de milho do país pela segunda vez desde fevereiro, de acordo com relatório nesta terça-feira.

A AgRural agora projeta que agricultores no centro-sul do Brasil deverão produzir 66,7 milhões de toneladas na chamada safrinha, que é plantada depois da colheita de soja e responde por cerca de 75% da safra total do grão.

A consultoria havia estimado inicialmente uma segunda safra de 69,1 milhões de toneladas em fevereiro. Em março, a projeção havia sido cortada para 67,9 milhões de toneladas.

Todas principais regiões produtoras de milho do Brasil deverão enfrentar perdas, incluindo o Mato Grosso, maior produtor de grãos do país, disse a AgRural, citando o clima desfavorável.

No ano passado, a AgRural estima que a produção tenha alcançado 69,3 milhões de toneladas na segunda safra.

O clima seco afetou mais a safrinha no Paraná, onde as perdas foram estimadas em 1,5 milhão de toneladas, segundo a consultoria.

A produção total de milho do Brasil nesta temporada está estimada em 97,7 milhões de toneladas, ante 100 milhões de toneladas na safra 2018/19, apontou a AgRural.

(Por Ana Mano)