PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Interrupção no ensino pode causar queda no PIB global pelo resto do século, diz OCDE

Interrupção no ensino pode causar queda no PIB global pelo resto do século, diz OCDE - Getty Images
Interrupção no ensino pode causar queda no PIB global pelo resto do século, diz OCDE Imagem: Getty Images

Christian Lowe

Paris

08/09/2020 10h28

A interrupção do ensino decorrente da epidemia de covid-19 causará uma perda de capacitação que pode resultar em uma queda de 1,5% do PIB global pelo resto do século, estimou a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Para os Estados Unidos, isto representará uma perda econômica de US$ 15,3 trilhões, disse a OCDE em um relatório publicado hoje, e a conta sairá ainda mais cara se a suspensão das aulas se estender ao próximo ano letivo.

"A perda de ensino levará a uma perda de capacitação, e a capacitação que as pessoas têm se relaciona com sua produtividade", disse o relatório, explicando a previsão de queda no PIB global.

Governos de todo o mundo fecharam escolas para conter a disseminação da covid-19, na maioria dos casos durante cerca de dez semanas ou um terço de um ano letivo.

Um dos impactos foi ampliar as defasagens de oportunidades de aprendizado entre pobres e ricos, uma vez que crianças com acesso a internet, computadores e famílias que as amparam se saíram melhor.

"Estudantes de meios privilegiados... passaram ao largo das portas de escolas fechadas e encontraram oportunidades alternativas de aprendizado. Aqueles de meios carentes muitas vezes ficaram isolados quando suas escolas fecharam", disse o relatório.

Mesmo agora que as escolas de muitos países estão reabrindo, a educação continua enfrentando muitos desafios, de acordo com o texto da OCDE, já que estas precisam descobrir como voltar a funcionar sem causar um novo pico de infecções.

Como as economias estão se contraindo, existe o risco de os orçamentos para o ensino encolherem, alertou o relatório, e as universidades terão que se reinventar para continuarem atraentes para os estudantes mesmo quando não puderem mais oferecer a experiência tradicional da frequentação de um campus.