PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

UE e Reino Unido concordam em retomar conversas comerciais

21/10/2020 17h16

Por Gabriela Baczynska e Elizabeth Piper

BRUXELAS/LONDRES (Reuters) - O Reino Unido retomará as negociações comerciais com a União Europeia na quinta-feira, assinalando um novo esforço dos dois lados para proteger bilhões de dólares em comércio a partir do início do próximo ano.

O primeiro-ministro Boris Johnson abandonou as conversas no final da semana passada após autoridades britânicas criticarem as conclusões de uma cúpula da UE, que disseram só ter sugerido que Londres faça concessões para tentar garantir um novo acordo.

Faltando 10 semanas para o final do período de transição do Brexit, as duas partes trocaram acusações e exortaram uma à outra a ceder mais nas conversas, que estão praticamente travadas desde o verão local.

Embora os mercados tenham saudado o recomeço, não está claro quando os dois lados conseguirão sanar as diferenças a respeito das garantias de concorrência justa – especialmente as regras de ajuda estatal – e da pesca, um setor carregado de simbolismo para os britânicos que apoiaram a separação do bloco.

A porta-voz de Downing Street disse que o negociador-chefe do Reino Unido, David Frost, conversou com seu colega de UE, Michel Barnier, e aprovou os comentários que sua contraparte fez no início do dia.

"Está claro que ainda há discordâncias significativas entre nossas posições nas áreas mais difíceis, mas estamos dispostos, com a UE, a ver se é possível superá-las em conversas intensivas", disse ela em comunicado.

A fase inicial das negociações ocorrerá em Londres entre 22 e 25 de outubro, e conversas posteriores acontecerão.

(Reportagem adicional de William James, Costas Pitas, Michael Holden, Robin Emmott, Kate Abnett e Franceso Guarascio)