PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Wall St sobe com Apple e esperanças de estímulos; mercado aguarda Fed

15/12/2020 11h46

Por Ambar Warrick e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - Os índices de ações dos Estados Unidos subiam nesta terça-feira, com progresso em direção a um grande projeto de lei de gastos do governo e medidas de alívio à Covid-19 mantendo a confiança alta, enquanto investidores aguardavam novas pistas econômicas vindas da última reunião do Federal Reserve neste ano.

A Apple Inc dava o principal impulso para o Dow Jones e o Nasdaq, subindo 4%, para uma máxima em mais de três meses, após notícia de que a empresa planeja aumentar a produção do iPhone em 30% no primeiro semestre de 2021.

No Congresso dos EUA, prosseguiram na noite de segunda-feira negociações em prol de um acordo sobre um projeto de lei para evitar a paralisação do governo, com líderes democratas e republicanos parecendo mais otimistas com a inclusão de uma nova rodada de ajuda no enfrentamento ao coronavírus, a primeira nova medida de alívio desde abril.

Os mercados têm se movido em sintonia com notícias sobre um projeto de lei de alívio, que deve compensar ainda mais o impacto econômico do surto do vírus e manter a liquidez alta.

Mas preocupações sobre o momento do projeto de lei, bem como um aumento no número de mortes por coronavírus nos EUA empurraram o S&P 500 para uma sequência de perdas de quatro dias na segunda-feira, apesar do otimismo sobre o lançamento de um programa de vacinação nacional.

"Há uma probabilidade de que algum estímulo seja aprovado, mas investidores estão realmente esperançosos de uma resposta mais forte à situação atual", disse Rick Meckler, sócio da Cherry Lane Investments em Nova Jersey.

Às 12:31 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,26%, a 29.940 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,570529%, a 3.668 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,77%, a 12.535 pontos.

Ações do setor de tecnologia tinham o melhor desempenho no S&P 500 nesta manhã.