PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

BC do Japão debateu espaço para mudanças em estímulo de olho em batalha contra a pandemia

23/12/2020 08h52

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - As autoridades do banco central do Japão iniciaram as discussões em outubro sobre maneiras de tornar seu programa de estímulo mais sustentável, com um membro pedindo mudança nas enormes compras de ativos arriscados do banco, mostrou nesta quarta-feira ata da reunião.

O Banco do Japão deixou a política monetária inalterada em outubro com a visão de que a economia caminhava para uma recuperação moderada graças a um pacote de medidas para aliviar os apertos de financiamento a empresas afetadas pela pandemia de coronavírus.

Com a economia tendo superado o choque imediato da pandemia, a diretoria também debateu a trajetória de longo prazo para alcançar a meta de inflação de 2% do banco, mostrou a ata.

Um dos nove diretores sinalizou a necessidade de avaliar mudança nas compras do Banco do Japão de ativos arriscados como ETFs, mostrou o documento.

"Dado que o afrouxamento monetária deve ser prolongado, o Banco do Japão deveria olhar mais maneiras de melhorar a sustentabilidade da medida para que não enfrente dificuldade em realizar tais compras quando (fazer isso) for absolutamente necessário", disse o diretor.

Outro diretor disse que as medidas de resposta à crise do banco central, se prolongadas, pode afetar as reformas estruturais cruciais para o crescimento econômico sustentado, mostrou a ata.