PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Wall St avança em meio a expectativas de mais estímulos

08/01/2021 18h11

Por Herbert Lash

NOVA YORK (Reuters) - Os índices de Wall Street atingiram novas máximas nesta sexta-feira, dia em que as expectativas de mais estímulos por parte de governo norte-americano chegaram a ser abaladas por comentários de um senador, mas posteriormente foram reforçadas pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, que disse que seu pacote econômico estará na casa dos trilhões de dólares.

O rali de Dow, S&P 500 e Nasdaq passou por cima de dados do mercado de trabalho dos EUA divulgados no início do dia, que mostraram que a economia norte-americana perdeu vagas pela primeira vez em oito meses em dezembro.

Já no final da sessão, porém, o S&P recuou levemente frente às máximas recentes, após o relato de que o senador democrata Joe Manchin se opõe a pagamentos maiores em cheques diretos à população. As falas deixaram inquietos investidores que esperam novos pagamentos em estímulos.

"É incrível como estamos sensíveis a qualquer ajuste mínimo sobre quando e quão grande os estímulos serão", disse Ed Moya, analista sênior da OANDA em Nova York.

"As ações vão começar a precificar um pacote maior de alívio econômico do governo Biden", afirmou Moya. "Esse vai continuar sendo o principal impulso às ações."

Biden, por sua vez, disse que o pacote econômico de seu governo também incluirá seguro-desemprego e tolerância ao pagamento de aluguel. O pacote será revelado na próxima quinta-feira, segundo ele.

"É necessário gastar o dinheiro agora", disse Biden a jornalistas. "A resposta é 'sim', estará na casa dos trilhões de dólares, um pacote completo."

O Dow Jones fechou em alta de 0,18%, a 31.097,97 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,55%, a 3.824,68 pontos, e o Nasdaq Composite avançou 1,03%, a 13.201,98 pontos.

No acumulado da semana, o S&P teve ganho de 1,83%, o Dow valorizou 1,61% e o Nasdaq subiu 2,43%.

(Reportagem adicional de Devik Jain e Medha Singh, em Bengaluru)