PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Vagas em aberto nos EUA saltam para máxima recorde com empresas disputando trabalhadores

Cartaz da vaga de emprego, em Altamont, nos EUA - Reprodução/Twitter/@brogawd_
Cartaz da vaga de emprego, em Altamont, nos EUA Imagem: Reprodução/Twitter/@brogawd_

Lucia Mutikani

08/09/2021 15h21

As vagas de emprego em aberto nos Estados Unidos atingiram um novo recorde em julho, enquanto as demissões aumentaram moderadamente, sugerindo que a forte desaceleração nas contratações no mês passado foi devido à dificuldade de empregadores para encontrar trabalhadores, e não por fraca demanda por mão de obra.

A pesquisa mensal Jolts, do Departamento do Trabalho, divulgada nesta quarta-feira também mostrou aumento constante no número de trabalhadores deixando voluntariamente seus empregos, sinal de confiança no mercado de trabalho.

"Este é um mercado de trabalho superapertado", disse Jennifer Lee, economista sênior da BMO Capital Markets em Toronto. "Segue a dificuldade para encontrar o trabalhador certo para a função certa."

As vagas não preenchidas, uma medida da demanda por trabalho nos EUA, saltaram em 749 mil, para 10,9 milhões, no último dia de julho, maior nível da série histórica, iniciada em dezembro de 2000. Foi o quinto mês consecutivo em que os postos em aberto, em trajetória crescente desde janeiro, atingiram um patamar recorde.

Economistas consultados pela Reuters previam uma alta para 10 milhões. O amplo aumento de julho foi liderado pelos setores de saúde e assistência social, finanças e seguros, e hospedagem e serviços alimentícios.

PUBLICIDADE