PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Minério de ferro de Dalian atinge máxima de 5 meses com otimismo na demanda da China

28/01/2022 08h15

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - O minério de ferro de Dalian subiu mais de 7% nesta sexta-feira e estava a caminho de registrar seu maior ganho semanal desde meados de dezembro, impulsionado por uma combinação de esperanças de que a flexibilização monetária intensificada da China estimularia a demanda e os temores sobre as perspectivas de oferta apertada.

O contrato de maio mais negociado da matéria-prima siderúrgica na bolsa de commodities de Dalian da China encerrou a sessão diurna em alta de 7,6%, a 829 iuanes por tonelada, depois de ter atingido 830 iuanes, seu valor mais alto desde 31 de agosto.

O tom de alta foi sustentado, mesmo com alguns traders afastados antes do feriado do Ano Novo Lunar de uma semana, a partir de 31 de janeiro.

Os preços spot também se recuperaram fortemente, com o material de referência com teor de 62% subindo para 140 dólares a tonelada na quinta-feira, o maior nível desde 3 de setembro, segundo dados da consultoria SteelHome.

Após uma montanha-russa em 2021, após os cortes obrigatórios na produção de aço com o objetivo de reduzir as emissões de carbono do setor, a produção do principal produtor de aço da China deve aumentar no primeiro semestre de 2022, antes de cair no segundo semestre, informou a S&P Global Platts citando fontes da indústria e participantes do mercado.

Apesar das ambiciosas metas de baixo carbono da China, o presidente Xi Jinping disse que "reduzir as emissões não é reduzir a produtividade e não se trata de não emitir nada".

"Isso mais uma vez acendeu as esperanças de um renascimento na demanda de matérias-primas, que seria mais visível após fevereiro", após os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, disseram os estrategistas de commodities do ING em nota.

Alertas das principais mineradoras Fortescue Metals Group, BHP Group e Rio Tinto de escassez de mão de obra causada por coronavírus na Austrália aumentaram o rali do minério de ferro.

O vergalhão de aço para construção na bolsa de Xangai subiu 2,8%, enquanto a bobina laminada a quente subiu 2,7%. O aço inoxidável ganhou 0,7%.

O carvão metalúrgico de Dalian inverteu o curso e subiu 0,7%, enquanto o coque saltou 3,8%.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)