PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Telecom Italia discute reforma do grupo e indica novo diretor financeiro

14/02/2022 20h13

Por Elvira Pollina

MILÃO, Itália (Reuters) - Diretores da Telecom Italia discutiram nesta segunda-feira uma reestruturação do grupo e aprovaram a indicação de um novo diretor financeiro, enquanto o presidente-executivo, Pietro Labriola, trabalha em um plano alternativo à oferta de aquisição apresentada pela KKR.

O conselho de administração da Telecom Italia, controladora da TIM, discutiu o plano de Labriola em resposta à oferta de 10,8 bilhões de euros feita pela KKR em novembro, e que foi considerada pelo maior acionista da companhia, o grupo francês de mídia Vivendi, como muito baixa.

Sob o plano de Labriola, ex-presidente da TIM, a Telecom Italia será dividida em uma empresa de infraestrutura e outra de serviços. A empresa de redes, NetCo, vai reunir todos os ativos de fibra e cabos de cobre e submarinos, disseram fontes à Reuters. Esta empresa assumirá também uma parte significativa da dívida líquida da Telecom Italia e a maior parte dos 42.500 funcionários do grupo.

Já a empresa de serviços vai se concentrar em uma série de produtos, de conectividade à computação em nuvem, e vai incluir as operações da TIM no Brasil, afirmaram as mesmas fontes.

A Telecom Italia afirmou nesta segunda-feira que o conselho de administração tomou ciência do trabalho de Labriola em avaliar opções estratégicas para a empresa incluindo uma divisão dos negócios. O comunicado não mencionou a oferta da KKR.

Fontes afirmaram antes que a Telecom Italia não iria tomar nenhuma decisão sobre a proposta da KKR antes de 2 de março, quando o conselho deve aprovar o plano de reestruturação.

A Telecom Italia também confirmou nesta segunda-feira a indicação de Adrian Calaza, ex-diretor financeiro da TIM até meados do ano passado, para o papel de vice-presidente financeiro do grupo italiano a partir de 1 de março.