PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Cadeias de abastecimento russas serão as próximas para sanções, dizem EUA

Reuters, Londres

29/03/2022 09h21

Os Estados Unidos e seus aliados planejam novas sanções a mais setores da economia da Rússia que são essenciais para sustentar sua invasão da Ucrânia, incluindo cadeias de abastecimento, disse hoje o vice-secretário do Tesouro dos EUA, Wally Adeyemo.

Adeyemo, falando em Londres em uma viagem à Europa para conversar com aliados sobre o fortalecimento e a aplicação de sanções para punir a Rússia, disse que ampliar esses esforços tem o objetivo de prejudicar "a capacidade do Kremlin de operar sua máquina de guerra".

"Além de sanções a empresas em setores que permitem as atividades malignas do Kremlin, também planejamos adotar medidas para afetar suas cadeias críticas de abastecimento", disse Adeyemo em evento da Chatham House.

"Nosso objetivo é usar uma abordagem integral que inclua controles de exportações que terão efeitos ao longo do tempo e sanções que pesarão imediatamente", disse ele, acrescentando que também terão como alvo fornecedores militares alternativos usados pela Rússia.

Mapa Rússia invade a Ucrânia - 26.02.2022 - Arte UOL - Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Desde que a invasão da Ucrânia pela Rússia começou em 24 de fevereiro, aliados ocidentais congelaram os ativos em moeda estrangeira do banco central russo, proibiram transações por importantes bancos russos e elites ricas com moedas fortes e colocaram restrições às exportações de semicondutores avançados e outras tecnologias.