PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

FGV: Confiança da indústria brasileira tem menor nível em quase 2 anos

Dados da FGV mostraram que o Índice de Confiança da Indústria (ICI) registrou no mês o oitavo recuo seguido, de 1,7 ponto - Divulgação
Dados da FGV mostraram que o Índice de Confiança da Indústria (ICI) registrou no mês o oitavo recuo seguido, de 1,7 ponto Imagem: Divulgação

Reuters, São Paulo

29/03/2022 08h22

O pessimismo com a situação geral dos negócios aumentou e a confiança da indústria no Brasil foi em março ao menor nível em quase dois anos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) hoje.

Os dados da FGV mostraram que o Índice de Confiança da Indústria (ICI) registrou no mês o oitavo recuo seguido, de 1,7 ponto, indo a 95,0 pontos, patamar mais fraco desde julho de 2020 (89,8 pontos).

"Chama atenção no mês o aumento do pessimismo quanto à evolução da produção e da situação geral dos negócios nos próximos meses. Concorrem para isso a perda de força da demanda interna, a alta dos juros e, em março, a reposição de estoques industriais, que andavam muito abaixo do desejável há alguns meses", explicou o economista do FGV IBRE Aloisio Campelo Jr., em nota.

O Índice de Situação Atual (ISA), que mede o sentimento dos empresários sobre o momento presente do setor industrial, teve queda de 1,1 ponto em março, a 97,4 pontos, menor nível desde julho de 2020 (89,1 pontos), segundo a FGV.

O Índice de Expectativas (IE), indicador da percepção sobre os próximos meses, perdeu 2,1 pontos e foi a 92,8 pontos, também menor patamar também desde julho de 2020 (90,5 pontos).

O setor industrial do Brasil registrou perdas bem acima do esperado em janeiro, de 2,4% sobre o mês anterior, em um início de 2022 ainda com gargalos nas cadeias de insumo e dificuldades de retomada.