PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Alguns bancos estatais chineses cortarão taxas de depósito na 2ª, dizem fontes

24/04/2022 14h08

XANGAI (Reuters) - Alguns bancos estatais chineses, como o Banco da China e o Banco de Comunicações, reduzirão os tetos de suas taxas de depósito na segunda-feira, juntando-se a credores menores, disseram fontes à Reuters.

Os cortes planejados ocorrem uma semana depois que reguladores incentivaram bancos menores a reduzir o teto de suas taxas de depósito. As medidas também coincidirão com a redução pela China das taxas de compulsório dos bancos, que entra em vigor na segunda-feira.

O Banco da China reduzirá as taxas para depósitos a prazo de dois a três anos em cerca de 10 pontos-base, de acordo com duas fontes bancárias. O Banco de Comunicações fará ajustes semelhantes, disse outra fonte.

Os dois bancos não puderam ser imediatamente contatados para comentários fora de seu horário de funcionamento.

Não ficou imediatamente claro se outros bancos estatais também reduzirão suas taxas de depósito, mas as fontes disseram que os credores estatais normalmente se movem em conjunto em alterações nos juros.

Pequim tem pedido repetidamente aos bancos que reduzam os custos de empréstimos para empresas menores, com a economia sendo atingida por surtos de Covid-19, consequências da crise na Ucrânia e saídas de capital desencadeadas pelo aperto monetário nos Estados Unidos.

(Por Samuel Shen, Kevin Huang e Ryan Woo)