PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Preços do petróleo sobem com oferta apertada e aumento de refino nos EUA

25/05/2022 20h25

Por David Gaffen

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram na quarta-feira, impulsionados pela escassez de oferta e porque as refinarias dos Estados Unidos levaram a atividade de processamento ao seu nível mais alto desde antes do início da pandemia de coronavírus.

Os futuros do Brent para julho fecharam em alta de 47 centavos, para 114,03 dólares por barril, enquanto o petróleo bruto dos EUA (WTI) para entrega em julho terminou em 56 centavos, para 110,33 dólares por barril.

Os estoques de petróleo dos EUA caíram 1 milhão de barris na semana passada, disse o governo, com os estoques de gasolina também caindo modestamente.

Os estoques americanos de destilados subiram 1,7 milhão de barris. Os refinadores aceleraram o ritmo de processamento, elevando o uso da capacidade para 93,2%, o maior desde dezembro de 2019.

As refinarias tiveram que manter as instalações funcionando a todo vapor para lidar com a forte demanda, especialmente do exterior, já que as exportações de produtos refinados aumentaram para mais de 6,2 milhões de barris por dia na semana passada.

Altas exportações e uma redução na capacidade de refino significam que os estoques de gasolina diminuíram nos Estados Unidos.

(Por David Gaffen, reportagem adicional de Rowena Edwards, Stephanie Kelly e Scott DiSavino)