PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Ações europeias caem após inflação nos EUA e queda do euro abaixo da paridade com dólar

13/07/2022 14h09

Por Susan Mathew e Devik Jain

(Reuters) - As ações europeias caíram nesta quarta-feira, depois que dados da inflação dos Estados Unidos acima do esperado para junho alimentaram apostas sobre uma ação mais agressiva de política monetária pelo Federal Reserve, ao mesmo tempo em que o Banco Central Europeu ficou sob pressão depois que o euro caiu abaixo da paridade em relação ao dólar.

O índice pan-europeu STOXX 600 encerrou com queda de 1% depois de dados mostrarem que os preços ao consumidor nos EUA saltaram 9,1% no mês passado, o maior aumento anual em mais de quatro décadas em meio aos custos altos da gasolina, alimentação e aluguel.

Os setores de automóveis e construção e materiais tiveram as maiores perdas no índice europeu, com quedas de 2,3% e 1,8%, respectivamente.

"Acreditamos que a Europa tem um risco maior de entrar em recessão do que os EUA", disse Ankit Gheedia, chefe de estratégia de ações e derivativos para a Europa no BNP Paribas.

"Dado que as avaliações das ações já refletem uma compressão de 20% dos lucros na Europa, achamos que haverá mais 20% de queda ante esse nível se não houver fornecimento de gás."

O índice STOXX 600 e o índice de blue-chips da zona do euro recuam 15,4% e 19,6% no acumulado do ano, com o temor de investidores de que o aperto agressivo da política monetária comprima o crescimento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,74%, a 7.156,37 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,16%, a 12.756,32 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,73%, a 6.000,24 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,93%, a 21.286,33 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,87%, a 7.944,90 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,97%, a 5.863,41 pontos.