IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Minério de ferro amplia perdas com aumento de casos de Covid na China

23/11/2022 08h16

CINGAPURA (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro na bolsa de Dalian ampliaram suas perdas pela terceira sessão consecutiva nesta quarta-feira, já que as preocupações com o aumento dos casos de Covid-19 na China, maior produtora mundial de aço, pesaram sobre o sentimento do mercado.

O minério de ferro mais negociado em janeiro na Dalian Commodity Exchange da China encerrou as negociações do dia com queda de 0,4%, a 732,5 iuanes (102,44 dólares) a tonelada.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência em dezembro subiu 1,7%, para 95,05 dólares a tonelada.

Pequim fechou parques e museus na terça-feira e Xangai reforçou as regras para as pessoas que entram na cidade, enquanto autoridades chinesas lidam com um aumento nos casos de Covid-19 que agravou a preocupação com a economia e diminuiu as esperanças de uma reabertura rápida.

A Comissão de Saúde da China continental relatou 29.157 novos casos de coronavírus em 22 de novembro, em comparação com 28.127 novos casos no dia anterior.

Quaisquer esperanças de ganhos decorrentes de um aumento na demanda advindo das medidas para apoiar o setor imobiliário da China foram eliminadas pela perspectiva de aumento da oferta, disse o ANZ, em nota.

No Brasil, as exportações médias diárias de minério de ferro no primeiro terço de novembro estavam acima dos níveis do ano anterior, enquanto na Austrália, o terminal de exportação a granel Port Hedland estabeleceu um recorde de fluxos no mês de outubro, acrescentou a nota.

(Por Matthew Chye)