IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

China endurece regulamentação de mercado de US$580 bi de fundos de títulos, dizem fontes

03/04/2023 11h29

XANGAI (Reuters) - O regulador de valores mobiliários da China reforçou o controle de risco no mercado de fundos de títulos de 580 bilhões de dólares do país, reduzindo a proporção de fundos mútuos de dívida mais arriscados e restringindo a alavancagem, disseram três fontes familiarizadas com o assunto.

De acordo com as regras, os novos fundos de títulos podem investir até 20% das carteiras em títulos classificados como AA+, em comparação com 50% anteriormente, disseram as fontes à Reuters. O investimento restante deve ser em títulos AAA de primeira linha.

A Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China (CSRC) também proibiu a alavancagem no investimento em títulos AA+, disseram as fontes, eliminando um método de potencialmente aumentar os retornos.

As mudanças ocorrem em meio ao aumento da inadimplência em setores como o imobiliário, que sofrem com a desaceleração do ambiente de negócios, bem como a iniciativa do governo de reestruturar a economia.

O CSRC não respondeu imediatamente ao pedido de comentário da Reuters.

Os fundos existentes não serão afetados pelas novas regras, disseram as fontes, que não quiseram ser identificadas porque não estão autorizadas a falar com a mídia sobre o assunto.

As mudanças já estão refletidas em dois fundos lançados em março.

O Hexa Asset Management e o Harvest Fund Management em seus prospectos de vendas disseram que os títulos AA+ representarão não mais do que 20% das participações, enquanto a proporção de títulos AAA não será inferior a 80%.

(Por Redação de Xangai)