IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Polícia do Rio prende mulher acusada de ordenar onda de ataques no Rio Grande do Norte

03/04/2023 10h39

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu no domingo a mulher apontada como chefe de uma facção criminosa do Rio Grande do Norte e acusada de ser a responsável por ordenar uma onda de ataques naquele Estado no mês passado, informou a corporação nesta segunda-feira.

A mulher de 31 anos, conhecida como "Bibi Perigosa", estava sendo monitorada pelo serviço de inteligência da Polícia Civil do Rio e foi capturada na zona oeste da capital fluminense.

O governo federal enviou homens da Força Nacional de Segurança Pública para conter a onda de violência no Rio Grande do Norte, que teve ataques a prédios públicos, incêndios criminosos, roubos e furtos, além de deixar feridos e mortos.

"Por meio de um trabalho de inteligência e monitoramento, a traficante foi capturada, neste domingo, em Campo Grande, zona oeste da capital do Rio, depois que saiu do Complexo da Penha, na zona norte, onde estava escondida. Contra ela foi cumprido um mandado de prisão", informou Polícia Civil.

De acordo com a polícia, a mulher assumiu o comando da facção criminosa após a morte do seu companheiro, em setembro de 2016.

"Ela é considerada uma das maiores traficantes do Rio Grande do Norte e acumula vários processos na Justiça por tráfico de drogas, organização criminosa e pelos ataques ocorridos no mês passado", disse a polícia fluminense.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)