IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Preços do petróleo sobem e registram ganhos semanais após IEA prever demanda recorde

14/04/2023 19h25

Por Laila Kearney

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram nesta sexta-feira e garantiram a quarta semana consecutiva de ganhos depois que o órgão regulador de energia do Ocidente disse que a demanda global atingirá um recorde neste ano devido à recuperação do consumo chinês.

A Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) também alertou que cortes profundos na produção anunciados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros produtores liderados pela Rússia --um grupo conhecido como Opep+ -- podem elevar um déficit de oferta de petróleo e prejudicar os consumidores.

O petróleo Brent fechou a 86,31 dólares o barril, alta de 0,22 dólar, ou 0,3%. O petróleo nos EUA (WTI) fechou a 82,52 o barril, ganhando 0,36 dólar, ou 0,4%.

Ambos os contratos subiram pela quarta semana consecutiva em meio a preocupações menores com uma crise bancária no mês passado e à decisão surpreendente da Opep+ na semana passada de reduzir ainda mais a produção.

O Brent deve registrar um ganho semanal de 1,5%, enquanto o WTI subiu 2,4% na semana. Quatro semanas de aumentos seriam a sequência mais longa desde junho de 2022.

Em seu relatório mensal nesta sexta-feira, a IEA disse que a demanda mundial por petróleo deve crescer 2 milhões de barris por dia (bpd) em 2023, para um recorde de 101,9 milhões de bpd, impulsionada principalmente pelo consumo mais forte na China após a retirada de restrições relacionadas ao combate contra a Covid.

A demanda por combustível de aviação representa 57% dos ganhos de 2023, afirmou.

(Reportagem adicional de Ron Bousso em Londres, Andrew Hayley em Pequim, Trixie Yap em Cingapura e Arathy Somasekhar)