IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Ações da China fecham em baixa com sentimento frágil por recuperação desigual

19/04/2023 07h33

XANGAI (Reuters) - As ações chinesas fecharam em baixa nesta quarta-feira devido à recuperação econômica acidentada depois que o país abandonou sua política de Covid zero e com dados macroeconômicos desiguais do primeiro trimestre pesando sobre o sentimento.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,9%, enquanto o índice de Xangai teve baixa de 0,68%. O Índice Hang Seng, de Hong Kong, recuou 1,37%.

A China informou um crescimento maior do que o esperado no primeiro trimestre na terça-feira, mas alguns dados apontaram para tendências de recuperação desiguais.

Incorporadoras lideraram as perdas com uma queda de 2,6%, depois que os dados de terça-feira mostraram que o investimento imobiliário caiu 5,8% em relação ao ano anterior.

Os dados também mostraram que o crescimento da produção industrial ficou um pouco abaixo das expectativas, enquanto o aumento das vendas no varejo atingiu o maior nível em quase dois anos.

"Alertamos (que) alguns pontos fortes, como demanda reprimida e produção em recuperação após a 'onda de saída' da Covid, podem desaparecer sequencialmente nos próximos meses", disse o Goldman Sachs em nota.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,18%, a 28.606 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,37%, a 20.367 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,68%, a 3.370 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,90%, a 4.124 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,16%, a 2.575 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,62%, a 15.770 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,44%, a 3.324 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,07%, a 7.365 pontos.