IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Morgan Stanley supera estimativas com avanço em gestão de riquezas, mas ações caem

19/04/2023 12h45

Por Manya Saini e Tatiana Bautzer

(Reuters) - O lucro do Morgan Stanley superou as expectativas, pois a receita de gestão de patrimônio aumentou no primeiro trimestre, compensando as quedas em seu banco de investimentos e no comércio.

O banco ganhou 1,70 dólares por ação, superando a estimativa média dos analistas de 1,62 dólares por ação, segundo dados da Refinitiv. Mas suas ações caíram 1%, para 88,92 dólares, no início do pregão de quarta-feira, enquanto a receita de banco de investimento caiu 24%, para 1,25 bilhão de dólares, e a receita comercial também caiu.

A potência de Wall Street reservou 234 milhões de dólares no trimestre para cobrir empréstimos de risco, acima dos 57 milhões de dólares do ano anterior, enquanto se prepara para uma recessão e fraqueza no mercado imobiliário comercial. As provisões estavam ligadas a um punhado de empréstimos.

A receita de gerenciamento de patrimônio saltou 11%, para 6,6 bilhões, em relação ao ano anterior. A divisão trouxe 110 bilhões de dólares em novos ativos líquidos, dos quais apenas cerca de 20 bilhões de dólares vieram de bancos regionais em resposta à crise bancária de março, disse a diretora financeira Sharon Yeshaya à Reuters em entrevista.

"Não estamos em uma crise bancária, mas tivemos, e ainda podemos ter, uma crise entre alguns bancos", disse o presidente-executivo do Morgan Stanley, James Gorman, a analistas em teleconferência após o anúncio dos resultados. Os reguladores reduziram os danos da última turbulência, que Gorman disse não ser "remotamente comparável" ao colapso das hipotecas de 2008.

O presidente-executivo, conhecido por uma série de negócios transformacionais, disse que o Morgan Stanley continuará a fazer aquisições em gestão de patrimônio, mas disse que uma transação não era iminente.

O declínio na atividade de banco de investimento do Morgan Stanley, que forma o núcleo dos negócios do banco, reduziu a receita total em quase 2%, para 14,5 bilhões de dólares no trimestre.

A receita do banco de investimento foi melhor do que o esperado, mas ainda baixa, escreveu o analista da Oppenheimer, Chris Kotowski, em nota aos clientes.

"Embora os principais bancos de investimento e as linhas de taxas de gerenciamento de ativos estejam sob pressão devido ao ambiente, um retorno de 16,9% sobre o patrimônio tangível é um desempenho muito respeitável", escreveu Kotowski.

"A perspectiva para o restante deste ano é difícil de prever", disse Yeshaya. "Estamos cientes de que a abertura e o funcionamento dos mercados e a estabilidade econômica são essenciais para ajudar a confiança no futuro."

A receita de negociação de ações caiu 14% com a queda dos mercados de ações, enquanto a receita de renda fixa caiu 12%.

O lucro aplicável aos acionistas ordinários do banco nos três meses encerrados em 31 de março caiu 20%, para 2,8 bilhões de dólares.

(Por Manya Saini, Niket Nishant e Tatiana Bautzer)