IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Setor industrial da China registra contração em abril e freia recuperação econômica

04/05/2023 07h35

Por Ellen Zhang e Ryan Woo

PEQUIM (Reuters) - A atividade industrial da China contraiu inesperadamente em abril, com a queda dos pedidos e a demanda doméstica fraca arrastando o setor manufatureiro, mostrou uma pesquisa privada nesta quinta-feira, colocando em risco as perspectivas econômicas para o segundo trimestre.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI) do Caixin/S&P Global para a indústria chinesa caiu para 49,5 em abril, de 50,0 em março. A marca de 50 separa o crescimento da contração mensalmente.

A leitura ficou abaixo da expectativa de 50,3 em uma pesquisa da Reuters e marcou a primeira contração desde janeiro, quando o fim da política de Covid zero levou a uma onda de infecções em toda a China e atingiu brevemente as linhas de produção.

A pesquisa ecoa o PMI oficial igualmente decepcionante divulgado no domingo e reflete a desigualdade da recuperação econômica da China, com o setor de serviços até agora superando a manufatura e ajudando a segunda maior economia do mundo a crescer robustos 4,5% no primeiro trimestre em relação ao ano anterior.

"As últimas leituras da pesquisa são consistentes com um crescimento ainda rápido no início do segundo trimestre, mas o impulso está diminuindo em relação ao que foi alcançado no primeiro", disse Julian Evans-Pritchard, chefe de economia da China na Capital Economics.

O crescimento da produção desacelerou pelo segundo mês consecutivo em abril, uma vez que novos pedidos mais fracos do que o esperado reduziram a produção, mostrou a pesquisa privada do Caixin.

Os novos pedidos encolheram pela primeira vez em três meses, embora as novas encomendas de exportação tenham voltado a crescer após contração em março.