IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Educação e Saúde serão preservados em bloqueio orçamentário de R$1,7 bi, diz Tebet

29/05/2023 19h12

BRASÍLIA (Reuters) - A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, disse nesta segunda-feira que o bloqueio orçamentário de 1,7 bilhão de reais a ser feito pelo governo em breve vai poupar os "ministérios menores" e também as pastas de Educação e Saúde.

A equipe econômica elevou na semana passada sua projeção de déficit das contas públicas para este ano, para um rombo de 136,2 bilhões de reais, e apontou um excesso de 1,7 bilhão de reais na previsão de despesas em relação ao limite de teto de gastos, indicando a necessidade de um bloqueio.

"Lembrando que é um bloqueio temporário", disse Tebet. "Isso aí é contábil, você bloqueia e com incremento da receita no próximo relatório você estará podendo desbloquear", disse a ministra a jornalistas após reunião com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Os ministérios da Educação e da Saúde tradicionalmente estão entre as pastas que sofrem os maiores bloqueios orçamentários em valores absolutos, por terem os maiores orçamentos.

(Por Redação Brasília)