Setor imobiliário perde força e ações caem após semana forte

Por Ankika Biswas e Bansari Mayur Kamdar

(Reuters) - As ações europeias recuaram nesta segunda-feira, depois que o índice de referência registrou seu maior salto semanal desde março, com o setor imobiliário perdendo força, enquanto a Ryanair subiu após uma previsão de lucro anual recorde.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,16%, a 443,52 pontos, depois de ter saltado mais de 3% na semana passada, com os investidores se animando com uma série de balanços robustos e sinais do fim do aperto da política monetária pelos principais bancos centrais.

Novos dados mostraram que a retração da atividade empresarial da zona do euro acelerou no mês passado, sugerindo que há uma chance crescente de recessão na união monetária de 20 países.

Os dados de preços ao produtor e de vendas no varejo da zona do euro para setembro, que serão divulgados no decorrer da semana, também serão examinados, tendo como pano de fundo a diminuição das pressões sobre a inflação.

"Enquanto os mercados revisavam suas estimativas sobre quando os juros dos EUA podem começar a ser cortados, dados econômicos do Reino Unido e da Europa apontavam para um mal-estar econômico ainda mais profundo", disse Michael Hewson, analista-chefe de mercado da CMC Markets.

As ações do setor imobiliário perderam 2,9%, depois de emergirem como o setor de melhor desempenho na semana passada.

Enquanto isso, a Ryanair subiu 5,3%, depois que a maior companhia aérea da Europa em número de passageiros previu lucro anual recorde e prometeu pagamento regular de dividendos, elevando o índice do setor de viagens e lazer em 0,6%.

Em LONDRES, o índice Financial Times ficou estável, em 7.417,76 pontos.

Continua após a publicidade

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,35%, a 15.135,97 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,48%, a 7.013,73 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,29%, a 28.592,60 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,56%, a 9.241,50 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,19%, a 6.389,93 pontos.

((Tradução Redação Brasília)) REUTERS VB FDC  

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes