Ações da China fecham em baixa por recuperação fraca

XANGAI (Reuters) - As ações da China fecharam em baixa nesta segunda-feira, uma vez que dados mostraram que os lucros das empresas industriais chinesas cresceram em um ritmo mais lento em outubro.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 0,74%, enquanto o índice de Xangai caiu 0,3%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, teve baixa de 0,2%.

Outras ações asiáticas também caíram antes de dados de inflação dos Estados Unidos e da Europa, que podem movimentar o mercado nesta semana, e de uma reunião de produtores de petróleo que pode interromper ou ampliar a recente queda nos preços.

Os lucros das empresas industriais da China ampliaram os ganhos pelo terceiro mês em outubro, embora a um ritmo mais lento, sugerindo que as medidas de apoio precisam ser mantidas para ajudar a sustentar o crescimento da segunda maior economia do mundo.

O aumento de 2,7% em relação ao ano anterior reduziu o crescimento dos lucros para um único dígito, depois de uma alta de 11,9% em setembro e de um ganho de 17,2% em agosto.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,53%, a 33.447 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,20%, a 17.525 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,30%, a 3.031 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,74%, a 3.511 pontos.

Continua após a publicidade

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,04%, a 2.495 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,87%, a 17.137 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,27%, a 3.086 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,76%, a 6.987 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes