BC da China define diretrizes econômicas e orientações sobre riscos de dívida local

PEQUIM (Reuters) - O banco central da China afirmou nesta segunda-ferira que irá afastar os riscos financeiros sistêmicos para a economia e orientar as instituições financeiras para que apoiem de forma ativa e prudente a resolução dos riscos da dívida local.

Em seu relatório de implementação de política monetária do terceiro trimestre, o banco central também afirmou que a política monetária prudente será vigorosa e precisa, e que dará melhor suporte para a expansão da demanda doméstica.

O governo lançou várias medidas ao longo dos últimos meses, procurando dinamizar uma economia pressionada por um setor imobiliário em dificuldades, riscos de dívida dos governos locais, crescimento global lento e tensões geopolíticas.

"A dinâmica da oferta e da demanda no mercado imobiliário mudou muito", afirmou o banco no seu relatório, acrescentando que há urgência para uma transformação econômica mais rápida.

O banco central reiterou que espera atingir um crescimento de cerca de 5% este ano.

O yuan esteve sob pressão recentemente e o governo central disse que manteria a taxa de câmbio "basicamente estável" e se esforçaria para promover um ambiente monetário e financeiro sólido.

(Por Ella Cao, Ethan Wang e Bernard Orr)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes